Vice-presidente da Conib fala a rádio argentina sobre protestos pela AMIA

Vice-presidente da Conib fala a rádio argentina sobre protestos pela AMIA

“Os protestos pela AMIA foram uma atitude interessante da comunidade judaica brasileira”, disse Alberto Ruskolekier, da Radio JAI, de Buenos Aires, na abertura de sua conversa telefônica com o vice-presidente da Conib, Henry Chmelnitsky, sobre as diversas manifestações sobre o caso AMIA no Brasil (veja matéria abaixo).

Chmelnitsky explicou que lembrar a busca de justiça para as vítimas da AMIA "não é algo que diz respeito ao Brasil, mas ao mundo inteiro." Ele destacou a importância da solidariedade entre as comunidades judaicas ao redor do mundo: "Não podemos ser indiferentes, pois isso pode acontecer de novo a qualquer momento, como recentemente no Museu Judaico, em Bruxelas".

O vice-presidente da Conib explicou que a FIFA não permitiu a realização de um minuto de silêncio antes do jogo, então os jovens decidiram se expressar nas ruas, no horário do início do jogo.

Ouça a entrevista na íntegra.