Tarso Genro participa em Porto Alegre de ato em memória às vítimas da Shoá

Tarso Genro participa em Porto Alegre de ato em memória às vítimas da Shoá

 O governador Tarso Genro  participou nesta segunda-feira, 8 de abril, no Colégio Israelita Brasileiro, em Porto Alegre, de um ato promovido pela Federação Israelita do Rio Grande do Sul (Firs) em memória aos seis milhões de judeus mortos durante o Holocausto.  



"Nossa mensagem é de reconhecimento, e este ato deve ser também de homenagem àqueles que resistiram ao Holocausto. O ataque a todos os valores civilizatórios não pode ser esquecido, assim como as diversas origens ideológicas que jamais aceitaram a intolerância absoluta. Que este momento seja de unidade, e que as tentativas de omissão da história sejam substituídas pelo diálogo e o debate político aberto, que é o que conduz a democracia a sua melhor virtude", declarou o governador ao portal do Estado do Rio Grande do Sul.



O presidente da Federação Israelita do Rio Grande do Sul, Mário Cardoni, destacou que é preciso lembrar todos os dias, pois a memória é uma ferramenta para que episódios como esse não volte a acontecer. Ele também disse que os recursos tecnológicos atuais criam um ambiente em que tentativas contrárias à democracia podem ser rapidamente combatidas.


O diretor da Sociedade Mantenedora do Colégio Israelita, Gabriel Rajchenberg, disse que é preciso resistir ao esquecimento, à crueldade e à negação dos fatos. "A diminuição do Holocausto deve ser repudiada e combatida, pois fere a memória das vítimas, isenta a culpa dos agressores e prepara o terreno para a prática de atos semelhantes". Rajchenberg lembrou que as ações que perpetuam a memória são indispensáveis.




Também participaram do evento a senadora Ana Amélia Lemos; o secretário estadual do Desenvolvimento e Promoção do Investimento, Mauro Knijnik; o presidente da mantenedora do Colégio Israelita, Daniel Matone; o vice-presidente da Conib e presidente do Conselho Geral de Entidades da Firs, Henry Chmelnitsky; e  Marili Berg, organizadora da cerimônia.



O Iom HaShoá, Dia da Recordação dos Heróis e Mártires do Holocausto, é comemorado anualmente pelas comunidades judaicas em todo o mundo. O evento foi noticiado pela Rede Globo, pelos jornais Correio do Povo, O Sul, Jornal do Comércio e pelos sites Gaz e Voz Nativa, de Canoas.



Leia mais.