Obras de ex-bolsistas da Memorial Foundation ganham reconhecimento

Obras de ex-bolsistas da Memorial Foundation ganham reconhecimento

 A Memorial Foundation for Jewish Culture reconhece o importante papel dos artistas judeus no enriquecimento da cultura judaica e concede subsídio a muitos deles, quando estão bem no início de carreira.

Três ex-bolsistas, a pintora indo-americana Siona Benjamin e as argentinas Mirta Kupferminc e Catalina Chervin, exporão seus trabalhos em várias galerias do mundo.

Siona tem exposições marcadas para Nova York e Tel Aviv; Mirta, em Veneza; e Catalina em Washington D. C. e Nova York.

A Memorial Foundation, que tem Fernando Lottenberg como tesoureiro, foi fundada em 1965 com fundos de reparação por parte do governo da então Alemanha Ocidental. Hoje, tem por missão preservar a identificação e o conhecimento cultural judaico, apoiando a formação de líderes comunitários e profissionais competentes e incentivando o estudo, pesquisa e publicação científica de acadêmicos judeus espalhados pelo mundo.