Ministro sueco renuncia pós-revelação de que comparou Israel e nazismo

Ministro sueco renuncia pós-revelação de que comparou Israel e nazismo


O ministro da Habitação da Suécia, Mehmet Kaplan, renunciou, depois que um jornal divulgou declarações feitas em 2009, nas quais Kaplan comparou Israel com o nazismo.

Foram também revelados contatos dele com uma organização islâmica e sua participação em um jantar ao qual compareceram membros de um grupo de extrema direita turco.

Até a ministra das Relações Exteriores sueca, Margot Wallström, qualificou a comparação entre Israel e os nazistas de "terrível".

"Em várias ocasiões, critiquei severamente as ações do Estado de Israel, mas sou claramente não antissemita. Minha crítica a Israel não me faz menos crítico do antissemitismo que existe na Suécia", declarou Kaplan.

Leia mais.