Livro mostra êxodo dos judeus egípcios no século 20

“O Maestro”, do jornalista Fábio Steinberg, conta a história do imigrante judeu egípcio Mayer Ambar, que fundou, no Rio de Janeiro, a Bel Air, uma das maiores agências de viagem brasileiras entre os anos 1960 e 1980. A obra mostra também a vida dos judeus egípcios na primeira metade do século 20, até sua expulsão do país pelo regime de Nasser, em 1956.

Mayer era um fã de música clássica. O maestro João Carlos Martins, autor do prefácio, traça um paralelo da vida de Ambar com a de seu pai, também um imigrante, e ressalta como o amor pela música inspirou o desenvolvimento pessoal de ambos.

O livro será lançado em São Paulo, no dia 15 de junho, na Livraria da Vila, Alameda Lorena, 1731, a partir das 19h; no Rio, em 17 de junho, na Livraria Leonardo da Vinci, Avenida Rio Branco, 185 (subsolo), a partir das 18h.