Israel propõe na Rio+20 cooperação pelo desenvolvimento sustentável

Israel propõe na Rio+20 cooperação pelo desenvolvimento sustentável

 O Ministro de Proteção Ambiental de Israel, Gilad Erdan, abordou no Plenário da Rio+20 as inovações tecnológicas que posicionaram Israel com destaque na superação dos desafios da escassez de recursos e propôs compartilhar sua experiência com os países vizinhos.


Erdan citou a produção agrícola de Israel, que aumentou cinco vezes desde sua criação, ao mesmo tempo em que reduziu em 50% a alocação de água doce para a agricultura. Também mencionou a eficiência da tecnologia de irrigação, a recuperação de cerca de 80% do esgoto para utilização na agricultura, o desenvolvimento de tecnologias de dessalinização da água do mar e o histórico de Israel em energia sustentável. 


“Israel não poupa esforços para compartilhar sua experiência com os países desenvolvidos e em desenvolvimento”, disse, lembrando a cooperação de Israel com o mundo ao citar o Mashav, a Agência de Cooperação Internacional de Israel, que há mais de 50 anos tem dirigido suas atividades para as áreas em que o país tem vantagens comparativas, como a redução da pobreza, segurança alimentar, gestão de recursos hídricos e arborização, entre outros.


"Estou aqui para dizer aos nossos vizinhos: vamos aproveitar a oportunidade para enfrentar os desafios comuns de desenvolvimento e procurar superá-los, juntos, independentemente das nossas diferenças”, concluiu.