Israel promete justiça a vítimas de ataque na Bulgária

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse aos parentes das vítimas do ataque a turistas israelenses na Bulgária, ocorrido no ano passado, que os responsáveis pelas mortes "pagarão o preço". O escritório do premiê informou, em comunicado, que o chefe da agência de contraterrorismo de Israel comunicou às famílias das vítimas, que Israel fará tudo para que os responsáveis pelo crime “paguem o preço". A promessa foi feita um dia depois de uma investigação búlgara ter concluído que o Hezbollah, sediado no Líbano, esteve por trás do ataque, que teve como alvo um ônibus que levava turistas israelenses. Cinco israelenses e o motorista búlgaro morreram (AP/Agência Estado). Leia mais em:

Burgas reveals to EU Hezbollah’s true nature’ (JPost)