Israel descobre em seu território túnel cavado pelo Hamas

Israel descobre em seu território túnel cavado pelo Hamas

Utilizando tecnologia de ponta, as Forças de Defesa de Israel (FDI) descobriram um túnel cavado pelo grupo terrorista Hamas na região israelense de Eshkol, localizada a sudeste da Faixa de Gaza; oficiais disseram que o túnel, que se estendia por centenas de metros em território israelense, seria usado em ataque contra civis.



Segundo as FDI, as escavações foram feitas mais rapidamente do que túneis anteriores, mostrando que o Hamas investiu milhões de dólares no projeto. Até mesmo a profundidade do túnel, cerca de 30 metros, é considerada inusitada.



O fato de que nenhuma arma foi encontrada no túnel e também de que o Hamas percebeu que o túnel tinha sido descoberto muito rapidamente por Israel, mas mesmo assim optou por não utilizá-lo, reforça a ideia de que o túnel não visava mandar terroristas no futuro próximo, mas a longo prazo. Para os israelenses, isso mostra que uma nova guerra com o Hamas não é uma questão de “se”, mas “quando”.



Moradores da região de Eshkol foram informados que está tudo sob controle.



A nova tecnologia de defesa israelense


Ao longo do último ano, as FDI priorizaram a busca de túneis ao longo da fronteira com Gaza. A descoberta deste é o resultado de trabalho de campo, inteligência e principalmente de tecnologias criadas para essa finalidade.



Os israelenses estão tratando esse caso como um passo inicial do novo sistema de descoberta de túneis, que será implementado ao longo dos próximos meses e inclui fortificação da fronteira contra a invasão em massa por forças palestinas, assim como a implantação de rastreadores de alerta precoce, que devem ajudar na descoberta de terroristas entrando em Israel.



“Este sistema permite a descoberta de espaços muito pequenos a uma profundidade de 30 – 40 metros, até o nível das águas subterrâneas.” disse um oficial israelense.