Hezbollah nega envolvimento em atentado e adverte Israel

O líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, negou que sua organização esteja envolvida no atentado que matou cinco turistas israelenses em Burgas, no ano passado, e advertiu Israel de que reagirá com firmeza a eventual ataque israelense ao Líbano, onde o grupo está sediado. “Eles sabem que suas usinas (nucleares) e aeroportos estão sob ameaça”, disse Nasrallah, ao destacar que o Hezbollah está bem equipado militarmente e que não precisa de armas sírias – uma clara referência à posição de Israel de eventualmente interferir no conflito sírio para impedir que armamentos químicos sírios caiam nas mãos do grupo e de outras organizações terroristas (Reuters/JPost). Leia mais em: