França considera declarar o Hezbollah grupo terrorista

A França está considerando declarar o Hezbollah grupo terrorista, depois que a Bulgária culpou a organização pelo atentado que matou cinco turistas israelenses e um motorista em Burgas, no ano passado. Os demais países da União Européia estão aguardando a conclusão final das investigações na Bulgária para tomar uma posição com relação ao grupo, o que deve acontecer nos próximos dias. O Canadá pediu à União Européia que inclua o Hezbollah na lista de grupos terroristas, argumentando que já há provas suficientes do envolvimento da organização no atentado em Burgas. "Acreditamos que há provas contundentes contra o Hezbollah, que não tem sido apenas cúmplice, mas vem participando ativamente de ataques terroristas em todo o mundo para apoiar o Irã", disse um funcionário do governo (JPost).