Ex-consultor do Banco Mundial ministra palestra em evento da Cambici

Ex-consultor do Banco Mundial ministra palestra em evento da Cambici

 Para fazer uma análise do momento atual, em que a economia brasileira tem baixo crescimento, porém com elevado nível de emprego, e explicar como esse impasse pode ser rompido, a  Câmara Brasil-Israel de Comércio e Indústria (Cambici) promoveu em 14 de março, em São Paulo, palestra com Claudio Adilson Gonçalez, 

 

O economista, que foi consultor do Banco Mundial, subsecretário do Tesouro Nacional e chefe da assessoria econômica do Ministério da Fazenda, e hoje é sócio-diretor da MCM Consultores Associados. Ele fez uma análise do momento econômico na  Europa, Estados Unidos e China,  para depois explicar como, mesmo com um nível de emprego quase pleno, o Brasil cresceu apenas 0,9% em 2012.  Segundo ele, o desequilíbrio entre tais taxas indica que o Brasil tem sérios problemas no quesito produtividade.

 

“O Brasil tem uma restrição para crescer tendo em conta seus fatores econômicos de produção (o capital de trabalho). Estamos com uma taxa de emprego baixa e com nosso estoque de equipamentos com elevada taxa de utilização, com qualidade precária, tanto da mão de obra, quanto do capital. Para sair deste dilema, teremos de amargar por mais quatro ou cinco anos. Se quisermos crescer mais, teremos mais inflação. Precisamos atacar a paralisia da produtividade, com melhor infraestrutura e melhores condições de negócios para atrairmos investimentos.  Neste cenário,  uma atuação expressiva da política econômica de nosso governo, é imprescindível”, destacou Gonçalez.

 

“A Câmara sempre procura ilustrar os seus membros com visões que nem sempre são encontradas nos veículos de comunicação ou em conversas informais,  trazendo especialistas com um agudo senso de percepção e que trabalham com elementos  absolutamente seguros que nos mostram o que é o mercado e que tipo de reações deve apresentar diante das influências do governo. O Claudio tem uma capacidade de análise e  apresentação como poucos, e propiciou uma excelente palestra  para uma plateia seleta e atenta, trazendo  visões críticas que permitiram aos empresários ter uma orientação mais segura para os seus negócios”, frisou o presidente da Cambici, Jayme Blay.