Diário Catarinense destaca artigo da AIC sobre “piscina nazista”

O jornal Diário Catarinense publicou em 6 de dezembro artigo de Ethel Cabral, conselheira da Associação Israelita Catarinense (AIC), sobre a suástica nazista no fundo de uma piscina na cidade de Pomerode, cujo dono tem um filho chamado Adolf. O artigo é intitulado “A arrogância Humana”. Leia trecho abaixo:   "No verão, nada melhor do que um banho de mar ou um mergulho na piscina. Há piscinas para todos os gostos: de lona, pré-fabricadas, feitas sob encomenda, grandes e pequenas. Cada um faz uma piscina como quer, certo? Ou podemos interferir no gosto do nosso vizinho? (…)    O direito de ir e vir não permite ultrapassar um sinal fechado. Alguém tem o direito de colocar uma suástica no fundo de uma piscina? Para além da liberdade e do gosto pessoal, é interessante notar que a suástica está no fundo da piscina. Nada mais apropriado. (…)   O proprietário fez bem em afundar o nazismo, que também afundou a humanidade em uma guerra cruel, que dividiu o mundo, e cujos efeitos sentimos até hoje. (…) O nazismo foi uma praga que se espalhou pelo mundo e representa a arrogância humana: coloca-se no direito de decidir quem deve viver e quem deve morrer.    A mesma arrogância que levou o Titanic a naufragar também pôs o nazismo no fundo de uma piscina. Os nazistas foram derrotados. Que todos, neste período de final de ano, se unam para um mundo mais justo e melhor, e que o nazismo jamais volte à tona”.   Leia o texto completo, no Diário Catarinense.