Criador do Waze fala em São Paulo para 500 pessoas

Criador do Waze fala em São Paulo para 500 pessoas

O empreendedor israelense Uri Levine, criador do aplicativo Waze, falou em 17 de junho para um público de mais de 500 pessoas, composto por empresários e líderes comunitários, em evento do Fundo Comunitário realizado no Colégio Beit Yaacov, em São Paulo.

Levine afirmou que o Brasil é o segundo maior mercado para o Waze, atrás apenas dos Estados Unidos. Ele considera o aplicativo “particularmente útil” em metrópoles como São Paulo. Para conferir, perguntou à plateia quem usa o Waze; poucos não levantaram a mão. O aplicativo tem 10 milhões de usuários no Brasil – cerca de 20% da frota nacional.

O empresário traçou uma cronologia do projeto, expondo dificuldades, estratégias e soluções. Também mostrou sua veia de empreendedor em série. Atualmente, é presidente da Feex, “o Robin Hood das Taxas”, que analisa os dados financeiros de uma comunidade e compara com o valor que um indivíduo paga em taxas.

No início de 2014, Levine trouxe ao Brasil o Moovit, que oferece informações quanto aos horários de saída e chegada do transporte coletivo e planeja viagens utilizando todos os meios disponíveis. É  ainda investidor em start-ups e mentor de jovens empresários.

Um de seus conselhos: “Erre rápido, pois o erro é inevitável, e melhore logo o seu produto”.