Comunidades do Rio e Porto Alegre receberão turistas judeus na Copa

Comunidades do Rio e Porto Alegre receberão turistas judeus na Copa

A SIBRA- Sociedade Israelita Brasileira de Cultura Beneficência foi escolhida pela Prefeitura de Porto Alegre para receber turistas judeus que virão assistir à Copa na cidade. Famílias da instituição ofereceram os seus lares para receber os turistas, e médicos da comunidade estarão de prontidão.

O prefeito da capital gaúcha, José Fortunati, recebeu o Presidente da SIBRA, Sergio Caraver, e o líder religioso Guershon Kwasniewski.

Na última sexta, 6 de junho, a Sibra realizou o Shabat das Nações, com a presença dos cônsules da Alemanha, Canadá e Espanha, além do representante do centro cultural islâmico, Ahmad Ali.

Nascido na Argentina, Kwasniewski mostrou seu uniforme para a Copa: boné do Brasil, camiseta da Sibra e uma sandália com a bandeira “hermana”. O evento foi destacado pelo jornal Zero Hora.

A SIBRA representa a comunidade judaica no Grupo de Diálogo Inter-Religioso de Porto Alegre. Contatos podem ser feitos via para sibrapoa@gmail.com

No Rio de Janeiro, o Comunidade na TV mostra os preparativos dos judeus cariocas para a Copa. O clube Hebraica terá alojamento para receber turistas judeus, entre eles israelenses e argentinos. O Clube Monte Sinai receberá 20 crianças israelenses com necessidades especiais. Veja. As crianças também ficarão hospedadas nas comunidades judaicas de São Paulo e Belo Horizonte e assistirão a jogos no Maracanã, no Itaquerão e no Mineirão.

Em Salvador, o jornal Correio reuniu líderes de seis religiões no estádio da Fonte Nova. O jornal afirma, sobre a religiosidade da cidade: “Em um perímetro de um quilômetro ficam: uma sinagoga e um centro islâmico, ambos em Nazaré; a convenção da igreja evangélica Assembleia de Deus, localizada logo acima da Arena; os oito orixás do Dique do Tororó, que cuidam de uma das entradas da praça esportiva; e algumas das 372 igrejas católicas da cidade”.

Foram convidados o rabino Uri Lam, da Sociedade Israelita da Bahia; o padre Ângelo Magno, da Paróquia de Sant’Ana; o pai de santo Duchu D’Ogum, do Ilê Axé Awá Negy; o pastor evangélico Márcio Braga, o sheikh Ahmad Abdul, o padre italiano Emílio Bellani, e o professor Ricardo Carvalho, representando a Federação Espírita da Bahia.

Em comum entre todos, a paixão pelo futebol: “Somos loucos pelo futebol, mas, independente de para quem torceremos, precisamos estar com o espírito de Shalom. Que vença o melhor”, disse o rabino da Sociedade Israelita da Bahia (SIB), Uri Lam.

O serviço diplomático de Israel disponibilizou telefones de emergência para atendimento exclusivo a turistas israelenses durante a Copa: Brasília: 061-8227-8767; Rio de Janeiro: 021-98696-3000; São Paulo: 011– 99991-9406 e 95323-8483; Belo Horizonte: 031-99700-6691.