Comunidade negra busca inspiração em modelos da comunidade judaica

Comunidade negra busca inspiração em modelos da comunidade judaica

 

Por iniciativa do Consulado Geral de Israel em São Paulo, líderes da Faculdade Zumbi dos Palmares, do movimento Educafro e da Associação dos Negros do Brasil encontraram-se em São Paulo com o cônsul Ilan Sztulman, com o coordenador educativo da Congregação Israelita Paulista (CIP), André Wajnberg, o diretor de Juventude da entidade, Renato Sacerdote, e com o rabino Michel Schlesinger.

Os representantes da comunidade negra, interessados em criar movimentos juvenis em suas instituições, vieram buscar inspiração e informações no exemplo dos grupos juvenis da CIP Avanhandava e Chazit Hanoar e da Colônia de Férias. O objetivo deles é trabalhar com seus jovens a questão da memória dos negros no Brasil e também a consciência e o orgulho negro.