CJM agradece a Vladimir Putin o incentivo à vida judaica na Rússia

CJM agradece a Vladimir Putin o incentivo à vida judaica na Rússia

Uma delegação do Congresso Judaico Mundial (CJM) e do Congresso Judaico Russo, liderada pelo presidente do CJM, Ronald Lauder, foi recebida nesta terça-feira (19) no Kremlin pelo presidente russo, Vladimir Putin.



Durante os 90 minutos da reunião, eles trocaram opiniões sobre a situação dos judeus na Rússia, e também sobre a situação no Médio Oriente e uma série de outras questões. Lauder elogiou as boas relações entre Israel e Rússia e convidou o líder russo a mostrar mais apoio a Israel em organismos internacionais como as Nações Unidas.



Putin elogiou a contribuição de organizações judaicas da Rússia para a vida do país: "Elas têm grande importância para a nossa estabilidade interna. Somos muito gratos por isso".



“Os judeus têm sido parte da sociedade russa por mais de 1.300 anos”, disse Lauder, “e têm contribuído para todas as áreas da vida – cultura, ciência, academia e outros”. Ele elogiou Putin por sua luta contra o antissemitismo na Rússia.