Cantata cênica “O Diário de Anne Frank” será exibida em São Paulo

Cantata cênica “O Diário de Anne Frank” será exibida em São Paulo

 A cantata cênica “O Diário de Anne Frank” será exibida pela primeira vez nas Américas, por iniciativa do Instituto Vladimir Herzog, para lembrar o 75º aniversário do jornalista e estimular a reflexão sobre os direitos humanos.

 
Serão três apresentações em São Paulo, no Auditório Ibirapuera, nos dias 29 e 30 de junho e 1º de julho.
 
Composta em 1958 por Leopoldo Gamberini (1922-2012), com a colaboração do pai da protagonista, Otto Frank, a obra é narrada por um coro, com cenas descritas e contadas pela própria Anne, que é interpretada pelas solistas – soprano, violoncelista e dançarina. A ambientação da guerra surge em efeitos de música eletrônica.
 
A montagem reúne o Coro Luther King e a Orquestra Sinfônica de Campinas, sob a direção do maestro Martinho Lutero Galati de Oliveira. 
 
Ingressos gratuitos podem ser retirados a partir do dia 22 de junho na bilheteria do Auditório.