Brasil recorre a Israel para criar políticas públicas de inovação

Brasil recorre a Israel para criar políticas públicas de inovação

 

O Brasil busca a indústria de alta tecnologia de Israel como modelo e recorre cada vez mais ao país para entender como as políticas públicas israelenses podem contribuir para promover a inovação, informa o site israelense Times of Israel.

Marcos Pereira, ministro do Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil, liderou uma recente missão de quatro dias em Israel, que incluiu startups em Tel Aviv, plantas de dessalinização e laboratórios da Universidade Hebraica de Jerusalém.

"Visitamos organizações empresariais, empresas de capital de risco, a Autoridade de Inovação de Israel e o ministro da Economia, para entender a segunda onda de políticas públicas que Israel está desenvolvendo agora", disse o delegado Marcos Vinícius de Souza, Secretário de Inovação e Novos Negócios.

"Queremos entender mais sobre como o governo apoia essas startups – quais são os incentivos fiscais, especialmente para os investidores-anjo. E também entender o processo de aceleração de negócios em Israel".

Souza disse que Israel tem modelos que poderiam ajudar o Brasil a enfrentar um dos seus principais desafios econômicos: levar o conhecimento do mundo acadêmico ao mercado. Ele ficou impressionado com a flexibilidade que as universidades israelenses têm em estabelecer conexões com investidores e criar fundos para pesquisa.

"Ficamos impressionados com o que estão fazendo aqui para atrair investidores de risco, mentores e empresas de todo o mundo para fazer pesquisas conjuntas e também comercializá-las. É realmente um modelo inovador que vimos aqui em Israel”, disse Sousa.

Leia mais.