Blay, Dines e Rozenchan debatem em SP a imigração judaica ao Brasil

 No recém-lançado livro "O Brasil como Destino" (Editora Unesp), a socióloga Eva Blay traz os relatos de imigrantes judeus provenientes de 17 países e de diferentes classes sociais. Ela reconstrói os cenários da imigração e afirma que a historiografia brasileira passa ao largo de sua existência. 



O tema será debatido no dia 13 de março em São Paulo, com a presença da autora, do jornalista Alberto Dines, e da professora Nancy Rozenchan, da FFLCH-USP. A mediação será de Jézio Gutierre, na Livraria da Vila do Shopping Higienópolis, às 19h.



Eva Alterman Blay é doutora em Sociologia pela USP e professora titular, hoje aposentada, dessa universidade. Trabalhou na ONU, como Interregional Adviser no Departamento de Assessoria à Mulher, e foi senadora da República.