Autoridades do Bahrein veem ligação de grupo terrorista do país a Irã, Iraque e Líbano

As autoridades do Bahrein anunciaram o desmantelamento de uma célula terrorista que estaria vinculada a Irã, Iraque e Líbano e denunciaram uma escalada da violência no reino, onde a oposição xiita intensificou seus protestos. Em discurso na televisão na noite de sábado, o ministro do Interior, xeque Rashed ben Abdallah Al Khalifa, informou que a célula era integrada por "oito barenitas que se deslocavam entre Irã, Iraque e Líbano". Os oito membros "receberam treinamento para o uso de armas e explosivos e apoio financeiro do exterior", disse antes de acrescentar que foram detidos com a ajuda de um "país irmão", sem informar o nome (AFP).

Bahrein desarticula suposta rede terrorista ligada ao Irã (EFE)