A filantropia é algo natural ao povo judeu, diz Bill Clinton, em São Paulo

A filantropia é algo natural ao povo judeu, diz Bill Clinton, em São Paulo

O Fundo Comunitário, organização sem fins lucrativos cujo objetivo é promover o judaísmo, realizou em 1º de junho em São Paulo uma palestra com o ex-presidente norte-americano Bill Clinton, no clube A Hebraica. Clinton discorreu sobre temas como a importância do trabalho de ONGs como o próprio Fundo Comunitário, meio ambiente, combate à pobreza e as perspectivas de paz no Oriente Médio.

Entre os presentes estavam o presidente da Conib, Claudio Lottenberg; a presidente voluntária do Conselho Mundial do Keren Hayesod [Fundo Comunitário, em Israel], Johanna Perugia; o diretor geral do Keren Hayesod, Greg Masel; e o diretor para América Latina da instituição, Yoel Embon, além de líderes da comunidade judaica. Nilton Serson, ex-presidente do Fundo Comunitário, lembrou que Clinton foi "o presidente americano que mais perto chegou de promover um acordo de paz entre israelenses e palestinos".

"Faço hoje em minha vida o que vocês estão fazendo aqui: promover o bem estar de quem mais precisa", disse Clinton no início de sua palestra, lembrando que "a filantropia é algo natural ao povo judeu".

Ele mencionou diversas vezes as conquistas de Israel em áreas como agricultura e tecnologia. "O progresso de Israel é um modelo para os demais países do Oriente Médio", afirmou.

Ao final de sua apresentação, contou sobre sua amizade com o líder israelense Yitzhak Rabin. "Ele foi uma das pessoas mais admiráveis que conheci durante meu período como presidente, e o dia em que ele morreu foi um dos dias mais tristes da minha vida", lembrou.

Em seguida, Johanna Perugia lhe entregou um livro sobre o Keren Hayesod. "Obrigado pelo firme apoio que o senhor sempre emprestou ao Estado de Israel. Shalom, chaver [amigo, em hebraico]", disse ela.

O presidente do Fundo Comunitário, Rafael Nasser, discorreu sobre a forte ligação entre Israel e os judeus da Diáspora. “Somos judeus brasileiros, abençoados por viver numa terra maravilhosa, num país acolhedor e almejamos um mundo mais justo e democrático, onde os direitos humanos sejam um direito universal. Precisamos de um Israel forte, assim como Israel precisa de uma comunidade judaica vibrante, atuante e comprometida com nosso povo e com o judaísmo. São exatamente estes valores que norteiam o trabalho desenvolvido pelo Fundo Comunitário”.

Nasser agradeceu às empresas Braskem e Casas Bahia pelo patrocínio ao evento; à Hebraica, pelo apoio; e a Paula de Picciotto, pelo empenho na organização do evento.